Panasonic premia escolas na etapa latino-americana do KWN 2013, realizada no Brasil

Alunos do Panamá foram os grandes vencedores da etapa regional do concurso de vídeos promovido pela Panasonic.

São Paulo, 29 de maio de 2013 – A Panasonic do Brasil premiou cinco escolas na etapa latino-americana do KWN 2013 – Kid Witness News, programa educacional que proporciona a estudantes de todo o mundo contato direto com a tecnologia, por meio da confecção de vídeos digitais com equipamento Panasonic. O Instituto Panamericano, do Panamá, foi o grande vencedor da quinta edição, conquistando o prêmio de Melhor Vídeo, com a produção “La Basura és Plata” (O Lixo é Dinheiro), que abordou o tema reciclagem. O Brasil ficou com o Prêmio Melhor Equipe, pelo vídeo “Entre Vozes”, produzido pelos alunos do Colégio Guilherme Dumont Villares, de São Paulo, que falou sobre a comunicação entre os deficientes auditivos.

A iniciativa premiou as escolas latino-americanas que participaram do programa global da Panasonic que tem como objetivo explorar as habilidades dos estudantes no que diz respeito à criatividade e criação de vídeos. Os ganhadores irão representar a região na grande final, concorrendo com outros vencedores regionais. Os jovens puderam optar por criar vídeos sobre assuntos relacionados à Ecologia ou Comunicação para desenvolver seus trabalhos, o que vai ao encontro do compromisso da Panasonic em fazer com que suas atividades tenham um impacto sócio-ambiental positivo. A empresa quer se tornar a primeira do mundo em Inovação Verde na indústria de eletrônicos até 2018, quando completa 100 desde sua fundação.

Para Renata Assis, Gerente de Marketing da Panasonic do Brasil, trata-se de uma experiência de grande valor para todos os participantes, pois envolve não só os alunos, mas também pais, professores e a própria empresa. “Em todos estes anos de KNW, pudemos perceber que os projetos dos alunos ultrapassam os limites da escola, impactando positivamente toda a comunidade, o que de fato convida a refletir nosso papel social e compromisso com as gerações futuras”, afirma a executiva.

Os estudantes receberam aulas de profissionais da área para ensiná-los a manusear a câmera e editar as imagens captadas, no intuito de aproximar a qualidade das produções do nível profissional. Para a produção dos vídeos, a Panasonic cedeu às escolas a filmadora HMC70, menor modelo profissional da marca que possui suporte de ombro, longo tempo de gravação no cartão SD, conectividade profissional de áudio e vídeo e fácil manipulação.

O júri foi composto por profissionais da área audiovisual, que julgaram os vídeos de acordo com os quesitos de edição, roteiro, áudio e vídeo. Fizeram parte do júri Maisa Zakzuk, diretora de vídeos educativos, que já atuou em diversos programas infantis na TV Cultura; Sérgio Rizzo, jornalista, crítico de cinema e doutor em audiovisual; Yuri Sanada, diretor e produtor de longas-metragens; e a diretora e produtora Vera Sanada.

Durante o evento, a Panasonic também anunciou seu apoio a ONG Save Brasil, que desenvolve programas para reinserir na natureza aves apreendidas do tráfico ilegal, além de realizar ações de conscientização e suporte à rede de centros de triagem existente. A parceria irá permitir a criação de um programa integrado especial para uma das famílias de aves mais visadas pelos traficantes, os psitacídeos, da qual fazem parte papagaios, periquitos e a famosa arara-azul, ícone da nova campanha de comunicação da marca.

Vencedores KWN Panasonic Latin America:

Prêmio Melhor Vídeo – para o melhor vídeo do KWN Latin America
Instituto Panamericano, Panamá,

Prêmio Criatividade - para melhores ângulos, tomadas mais criativas e inovação na filmagem.
Colegio Peruano Chino Juan XXIII, Peru,

Prêmio Melhor Técnica – para o vídeo mais próximo ao profissional em relação a áudio, luz e utilização dos equipamentos.
Boston College, Chile,

Prêmio Melhor Equipe – para o vídeo que proporcionou maior interação e participação do time
Colégio Guilherme Dumont Villares, Brasil,

Prêmio Melhor Conceito - para o roteiro mais criativo e original
International College, México,

Sobre o KWN

O KWN - Kid Witness News - foi desenvolvido pela Panasonic em 1989, nos Estados Unidos, e expandiu-se globalmente. Hoje, mais de 622 escolas em 29 países participam da ação e novos talentos para o mercado de produção de vídeo estão sendo descobertos. A iniciativa é a única do mundo que possibilita aos estudantes exporem habilidades, criatividade e seus interesses por meio da produção de filmes. Mais informações estão disponíveis no site