História 2: Uma nova era de experiência projetada pelo desporto e pela tecnologia

Fotografia: Cena da atuação de abertura da cerimónia 1 Year to Go! dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 utilizando tecnologia de deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real com projetores.

A apenas um ano dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em 2020, a cerimónia “1 Year to Go!” foi realizada a 24 de julho de 2019. A cerimónia abriu com uma atuação incrível concebida e reproduzida com a tecnologia de deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real da Panasonic e projetores de elevada luminância. Esta produção inovadora mostrou o potencial da fusão entre o desporto e a tecnologia a uma audiência deslumbrada.

Resumo do artigo:

  • A atuação de abertura da cerimónia “1 Year to Go!” dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 foi criada utilizando tecnologia de deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real com projetores.
  • O sistema foi desenvolvido pela Panasonic, Parceiros Oficiais dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, abrindo caminho para novas atuações coreografadas pela velocidade.
  • Os indivíduos envolvidos na realização da cerimónia partilharam as suas ideias sobre a forma como a interação entre as imagens e os movimentos humanos estão a acelerar a fusão entre o desporto e a tecnologia.

Uma cerimónia de abertura incrível

Mais de 4.000 dirigiram-se ao Salão A do Tokyo International Forum, aguardando ansiosamente pelo início do espetáculo. Diversos estudantes do secundário sentados nas primeiras filas posavam para fotografias comemorativas. Embaixadores da geração seguinte, estes rapazes e raparigas testemunharão os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 durante os anos mais influenciáveis das suas vidas. Existem tantas razões para estarem entusiasmados!

De repente, o palco ficou às escuras. Os espetadores assistiram a um dueto energético entre os ases do Sangen, os Yoshida Brothers. Os irmãos foram depois para lados opostos do palco, abrindo caminho para uma tela.

Atrás da tela, a praticante de ginástica rítmica Honami Tsuboi começou a dançar pelo palco como uma fada ao som dos Yoshida Brothers. A ponta da varinha que Honami segurava na sua mão direita pintava um trilho de luz que seguia os seus movimentos. O dinamismo da estética japonesa uniu-se à dança através da utilização de tecnologia de mapeamento de vídeo 3D de alta definição. Os aplausos no final da atuação demonstraram a admiração da audiência.

A maioria das pessoas pensou (logicamente) que Tsuboi tinha dançado ao ritmo das imagens. Na realidade, aconteceu o oposto: as imagens seguiram os movimentos de Tsuboi em tempo real. Este artigo pretende aceder aos “bastidores” para descobrir a forma como a Panasonic criou e aperfeiçoou a tecnologia de deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real.

A tecnologia tem o poder de transformar o desporto

A tecnologia de deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real e os projetores de elevada luminância da Panasonic foram anunciados em março de 2019 no evento "TOKYO VISION: 500 Days to Go! Night", um evento de 4 dias planeado a 500 dias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020.

"Tal como previamente estabelecido na nossa visão para os Jogos Olímpicos do ano que vem, pretendemos trazer um nível ímpar de inovação aos Jogos e promover as mudanças positivas no mundo” explicou Hiroyuki Kobayashi, diretor sénior de eventos do Comité de Organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. “O nosso objetivo é conferir novos valores ao evento, para lá do componente desportivo, através da introdução de tecnologia e cultura. Para fundir este componentes, decidimos utilizar deteção de movimentos em tempo real e projetores compatíveis."

Kobayashi classificou a atuação como "incrivelmente poderosa em termos de imagem, acústica e movimento." Testemunhámos a criação de novos conteúdos, uma fusão entre os elementos do Sangen, a ginástica rítmica e a mais avançada tecnologia de imagem.

"A inovação tecnológica está a criar oportunidades para que cada vez mais pessoas possam desfrutar do desporto”, adicionou. “Não só para jogar, mas também para assistir. Também esperamos despertar o interesse das pessoas, mostrando-lhes o lado divertido e apelativo do desporto durante os Jogos Olímpicos."

"Acreditamos que o desporto tem o poder de mudar o futuro e que a tecnologia tem o poder de mudar o desporto. Como tal, esperamos que a combinação dos dois crie algo que ultrapasse a nossa imaginação."

Deteção de movimentos em tempo real com um atraso inferior a 0,002 segundos

O sistema foi desenvolvido pela Divisão de Entretenimento Multimédia da Connected Solutions Company da Panasonic. Esta divisão é responsável pelo fabrico de projetores, ecrãs planos, equipamento de transmissão televisiva, equipamento de som, sistemas para conferências e outras soluções B2B.

Kenji Fujiune, membro da divisão, relatou: "Começámos a desenvolver o sistema em 2015, com a noção de que era um desafio totalmente novo em termos de imagem e que teríamos de desafiar os limites da velocidade de forma a otimizar a experiência do utilizador."

A qualidade de imagem e a luminosidade dos projetores foram ambas otimizadas. Em termos de qualidade de imagem existem produtos SD, HD, Full HD e 4K, enquanto que alguns projetores comerciais premium já alcançaram os 30.000 lúmenes de luminosidade. A aporta da Panasonic na velocidade desafiou a abordagem tradicional do setor ao processo de desenvolvimento.

De acordo com Hirotatsu Asai da Connected Solutions Company, Panasonic Corporation, "Com a vasta disponibilidade do mapeamento de vídeo nos dias que correm, as pessoas estão fartas de olhar para imagens projetadas numa parede. A deteção de movimentos e o mapeamento de vídeo em tempo real transformam as atuações e imagens em algo incrivelmente realista."

O sistema consiste num projetor, uma luz de infravermelhos para propósitos de deteção e uma câmara de alta velocidade. A luz de infravermelhos é irradiada no marcador existente na extremidade da varinha da ginasta, sendo detetada pela câmara. A localização do marcador no espaço é então identificada praticamente sem atraso através de um processador existente no interior do projetor, que processa a imagem captada sem ter de passar por um PC. Com base nas informações de posição, as imagens são instantaneamente projetadas a 1.920 fps (fotogramas por segundo). Esta configuração permite fornecer deteção de movimentos em tempo real com um atraso de apenas 0,0016 segundos, da deteção à projeção.

Imagem: A deteção de movimentos em tempo real com um atraso de menos de 2/1000 seg. da deteção das informações de posição à projeção de conteúdos é processada através de um projetor de alta velocidade que processa as informações sem terem de passar por um PC.
A deteção de movimentos em tempo real com um atraso de menos de 2/1000 seg. da deteção das informações de posição à projeção de conteúdos é processada através de um projetor de alta velocidade que processa as informações sem terem de passar por um PC.
Fotografia: Para a atuação de abertura da cerimónia 1 Year to Go!, foram utilizados quatro projetores de alta velocidade.
Para a atuação de abertura da cerimónia "1 Year to Go!", foram utilizados quatro projetores de alta velocidade.

Asai apontou: "Não é possível detetar o atraso. Visto que os projetores típicos funcionam a 60 fps, a fluidez das imagens é incrível."

"No evento “TOKYO VISION: 500 Days to Go! Night”, o bailarino Kento Mori atuou em três dias consecutivos. Mas o que me impressionou foi quando Kento mencionou o quanto se divertiu a alterar a coreografia. Visto que as imagens detetam os seus movimentos, creio que ele alterou ligeiramente a sua coreografia", adicionou Fujiune.

Embora o evento "TOKYO VISION: 500 Days to Go! Night" tenha utilizado a mesma tecnologia da cerimónia "1 Year to Go!", o ecrã deste último era quatro vezes maior. Além disso, foram utilizados quatro projetores (incluindo um sobresselente) para otimizar a luminosidade. "O sistema esbate a distinção entre o mundo real e o mundo virtual”, afirmou Fujiune. “Aumenta o efeito 3D e a sensação de fusão através da deteção de imagens de alta definição e alta luminosidade, proporcionando um desempenho superior. Este desempenho demonstra perfeitamente o poder da expressão."

No futuro, de acordo com Asai, "Caso continue a evoluir, o sistema tem o potencial de projetar imagens nas paredes e no chão da casa de alguém, proporcionando uma experiência ainda mais envolvente. Além disso, os avanços tecnológicos poderão também criar novos desportos. Este sistema aproxima-nos desse tipo de sonho."

A necessidade de utilizar óculos para desfrutar de realidade virtual torna a experiência um pouco solitária, mas a deteção de movimentos e mapeamento de vídeo em tempo real permite que diversas pessoas partilhem a experiência. Os utilizadores que experimentaram utilizar a funcionalidade de deteção de movimentos com pingue-pongue, futebol e outros desportos reagiram de uma forma positiva. A fusão entre o desporto e a tecnologia já começou, através da interação entre a deteção de movimentos de alta velocidade e os movimentos humanos.

Os Jogos Olímpicos estão a aproximar-se

A cerimónia "1 Year to Go!" foi um enorme sucesso, mas foi apenas um dos passos a caminho dos Jogos. Em abril de 2020, a cerimónia de passagem da Tocha Olímpica chegará ao Japão e começará o TOKYO 2020 NIPPON FESTIVAL.

"Os Jogos Olímpicos são uma oportunidade única para continuar a desenvolver o desporto e o entretenimento”, afirmou Fujiune. “Com a nossa tecnologia, conseguimos apoiar estes alicerces." Asai apontou que "Estes serão os primeiros Jogos Olímpicos desde o 100.º aniversário da Panasonic. Queremos ter o maior impacto tecnológico de sempre nos Jogos."

Foram adicionados novos eventos aos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, como o karaté, o skate e o surfe. É excitante imaginar a adição de desportos derivados da tecnologia como novos eventos.

Fotografia: A deteção de movimentos e o mapeamento de vídeo em tempo real fazem os espetadores pensarem que o bailarino está a mover-se em sincronia com as imagens.
A deteção de movimentos e o mapeamento de vídeo em tempo real fazem os espetadores pensarem que o bailarino está a mover-se em sincronia com as imagens.

Uma excelente equipa criativa para suportar os conteúdos

A Moment Factory, uma empresa baseada em Montreal, no Canadá, fundada em 2001 como grupo de arte digital focado em imagens virtuais, foi responsável pela produção das imagens para a cerimónia de abertura do evento “1 Year to Go!”.

A Moment Factory explora uma realidade orgânica na qual grandes grupos de pessoas possam partilhar a emoção. A empresa tem estado a trocar e a aperfeiçoar ideias com a equipa de desenvolvimento da Panasonic deste 2017. Esta ideias juntaram-se finalmente no formato de conteúdos para as cerimónias "TOKYO VISION: 500 Days to Go! Night" e "1 Year to Go!".

Dominic Audet, co-fundador da Moment Factory, comentou: "O conceito por trás destes conteúdos foi a colaboração entre a tradição e a tecnologia mais avançada. Alcançámos um novo patamar, no qual os atletas não estão restritos por limitações." Olhando para trás, Fujiune afirmou que "ao trabalhar com os seus criadores, discutimos os conteúdos que todos pretendiam criar, aquilo que as pessoas gostariam de ver e as melhores opções em termos de desempenho. Foi uma experiência bastante motivante."

A Moment Factory pretende ser pioneira dos desportos de realidade aumentada. "O principal objetivo é fundir a tecnologia e o desporto, como aconteceu com o pingue-pongue e o futebol no evento “TOKYO VISION: 500 Days to Go! Night'", partilhou Audet. Asai está ansioso por colaborar com os seus colegas da Moment Factory. "Neste estilo de colaboração alternada ambos os lados estimulam-se, o que leva à criação de novos modos de expressão."

- Fonte: Adroit Visuals That Track an Athlete's Movements - A New Age in Experience Value Engineered by Sports x Technology | Towards 2020, Beyond 2020 | [Site Global: Inglês]