Teste aponta as geladeiras com melhor custo-benefício no mercado

Modernidade, beleza, design e capacidade de armazenamento são aspectos normalmente levados em conta na hora da escolha de uma nova geladeira. Mas muitos consumidores não levam em conta que, dependendo do modelo, o gasto com energia acaba sendo maior ou menor. De olho neste detalhe, a Proteste - Associação de Consumidores, avaliou 14 dos principais modelos de geladeiras disponíveis no mercado, para verificar o melhor custo-benefício. De forma geral, diz a Proteste, os produtos satisfazem critérios importantes como segurança, usabilidade, estabilidade de temperatura e capacidade de congelamento.

Um dos principais itens analisados pela Proteste foi o gasto de energia que cada produto gera,e alerta: a etiqueta com classificação “A” de eficiência energética não é, por si só, a garantia de menor gasto. Segundo Dino Lameira, especialista responsável pelo teste que aponta o quanto de luz a geladeira realmente consime, é necessário fazer o cálculo para saber o consumo real.

"Antes de comprar um refrigerador, leve em conta o valor indicado na etiqueta de consumo por mês (em kWh/ mês) e multiplique pelo preço do kWh que vem na sua conta luz. Somente assim podemos ter certeza qual produto vai impactar menos o seu bolso no final do mês", explica Lameira.

De acordo com esse critério, as geladeiras mais econômicas foram Panasonic NR-BT42BV1W e Samsung RT 6000K, que contabilizaram 31 kWh/mês e 38 kWh/mês de consumo de energia, respectivamente. O modelo Samsung RT6000K de 453 litros, por exemplo, gasta R$ 32,45 mensais, contra os R$ 45,26 ao mês da Brastemp BRM47GB, que dispõe de 403 litros, uma diferença de R$ 12,81 por mês. Assim, quem optar pelo modelo da Samsung, fará uma poupança de R$ 153,72 ao ano em energia elétrica.

RECURSOS EXTRAS

Há, porém, algumas características que seriam positivas, mas não foram encontradas em todos os modelos. O dispenser de água na porta, por exemplo, é um detalhe que permite que o consumidor beba água gelada sem ter que abrir a geladeira, economizando energia. No entanto, esta funcionalidade não é ainda a mais procurada pelo consumidor devido ao alto preço final do produto.

Os resultados da avaliação mostram que a geladeira com o maior número de recursos, como alimentador de gelo para água e dispenser para latas, foi a Brastemp BRM48. No entanto, ressalta a Proteste, o modelo ainda oferece poucas prateleiras dobráveis. Já a Samsung RT6000H-RT46 é a única que oferece iluminação no freezer.

SEGURANÇA/ESTABILIDADE DE TEMPERATURA INTERNA

A boa notícia, segundo a Proteste, é que todos os produtos foram bem no quesito de segurança, bem como no critério de estabilidade de temperatura interna dos aparelhos, no qual nenhum modelo apresentou oscilações, o que é importante em casos de queda brusca de temperatura externa. Para avaliar como os produtos reagiriam nessa situação, as geladeiras foram testadas em câmaras controladas a 16°C durante 24 horas. Após esse período, a temperatura foi aumentada para 32°C. A que se mostrou mais estável nesse critério foi a geladeira Samsung RT5000K.

PUBLICIDADE

Outro item que obteve bons resultados foi a de capacidade de congelamento, que informa quanto, em massa de alimentos, o aparelho consegue congelar em um dia (24 horas). O melhor produto, com 8 kg/24 h, foi o Samsung RT6000H-RT46. Já o único destaque negativo, que registrou apenas 4 kg/24 h, foi o modelo Brastemp BRM39.

Durante a avaliação, a Proteste percebeu que os produtos são adaptados ao consumidor brasileiro, principalmente a Brastemp BRM48. Nesse teste, foram inseridas garrafas PET, latas e congelados costumeiramente nacionais, e foi analisado itens como deslizamento das gavetas, armazenamento dos alimentos e segmentação das prateleiras.

CAPACIDADE EM AVALIAÇÃO

Os modelos de mais de 400 litros considerados melhores do teste foram a Samsung RT6000H-RT46 (R$ 2.943), por ser a única com iluminação no congelador e oferecer a maior capacidade de congelamento e apresenta alta eficiência; e a Samsung RT6000K Twin Cooling Plus (R$ 2.374 a R$ 3.244), também considerada uma das escolhas certas, pois teve destaque em eficiência energética e boas notas em estabilidade de temperatura, capacidade de congelamento, instruções, segurança e uso. A outra escolha certa dessa categoria foi a Brastemp BRM48 (R$ 1.999 a R$ 2.457), que obteve avaliações positivas nos testes de segurança, usabilidade e estabilidade de temperatura.

Já o melhor do teste das geladeiras pequenas, com menos de 400 litros, foi a Panasonic NR-BT42BV1W (R$ 1.898 a R$ 2.419). O consumo mensal do produto foi de menos de 31 kWh ao mês, o menor do teste, além de ter mostrado bom desempenho em segurança e instruções, além de fácil usabilidade. De acordo com a Proteste, a escolha certa dessa modalidade foi a Brastemp BRM39 (R$ 1.394 a R$ 1.839), uma das geladeiras mais facilmente encontradas entre as testadas e com preço acessível: o modelo foi bem nas avaliações de eficiência energética, estabilidade de temperatura e segurança.

O QUE DIZEM AS EMPRESAS

Para Sergei Epof, diretor de Marketing da Panasonic do Brasil, o resultado do teste transparece a preocupação da empresa em sempre fornecer produtos que tragam benefícios para o consumidor e, também, para o mundo.

- O baixo consumo de energia de nossos refrigeradore s são prioridade, a fim de poupar a conta de luz de nossos clientes e também preservar o meio ambiente - ressalta Epof.

A Samsung, por sua vez, afirma, em nota, que o bom desempenho no teste da Proteste é reflexo do esforço incessante da empresa em entender as demandas dos consumidores e, através de muito investimento em pesquisa e desenvolvimento, entregar produtos diferenciados.

"Está no nosso DNA unir usabilidade, que se traduz no único refrigerador do mercado que tem luz no compartimento do freezer; confiabilidade, que se reflete na garantia de estabilidade de temperatura e capacidade de congelamento sempre aliado a um esforço constante no desenvolvimento de produtos com alta eficiência energética. Todos esses fatores comprovam a superioridade dos nossos refrigeradores e nosso compromisso com o consumidor brasileiro", ressalta a empresa.