Projetores Panasonic dão vida ao cinema de imersão no Santuário de Nossa Senhora Aparecida

Filme conta a história do encontro da Santa em projeção 3D, sem necessidade de óculos especiais

Imagine assistir a um filme em 3D sem a necessidade de um óculos especiais. Isso é possível no Cine Padroeira, idealizado para o Memorial da Devoção, no Santuário Nacional de Aparecida. O cinema utiliza projetores da Panasonic e foi construído para dar vida à trajetória da imagem, de 1717 até os dias de hoje, e celebrar o jubileu de terceiro centenário do surgimento da imagem nas águas do Rio Paraíba do Sul.

O filme de 16 minutos foi produzido para ser projetado em uma sala de cinema. A diferença desse projeto para os filmes comuns está no modo como a película foi feita e como será exibida ao público. Cada cena foi gravada em ângulos diferentes e projetada, simultaneamente, em 10 telas distintas dentro da sala (no piso, nas laterais, nos fundos e em uma tela transparente). Quem assiste sente que está vivendo o momento junto com os personagens da tela, sem que para isso precise de óculos especiais.

“Os projetores a laser da Panasonic foram fundamentais para a criação do efeito holográfico sem óculos. Com eles, 10 projeções simultâneas são feitas com a mesma qualidade de imagem, mesma luminância, colorimetria e escala de cinza”, afirma Alfonso Aurin, responsável técnico do Cine Padroeira. Os projetores são modelo PT-RZ670BU e as lentes, ETDLE030. “A projeção em 10 telas dá uma sensação de realidade, todo mundo que assiste sai comovido”, conclui Aurin.

Já Sérgio Constantino, gerente comercial da Panasonic, destaca que o baixo nível de ruído dos projetores foi um diferencial em relação aos projetores de lâmpada. “O filme tem momentos silenciosos importantes. As ventoinhas dos projetores a lâmpada fariam um barulho muito alto e atrapalharia a experiência”, finaliza.